Governador - 01/06/2021, 06:59

Governador critica decisão sobre Copa América e cobra vacinas contra a covid

De acordo com Wellington Dias, só com a imunização da população é possível realizar eventos com público como jogos de futebol, além do retorno de aulas presenciais com mais segurança.


Cidade Verde Midi 90c3c8535e34d559d732923b343963cc

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), criticou nesta segunda-feira (31) a posição do Brasil em aceitar realizar a Copa América de Futebol após a desistência da Argentina. O anuncio do torneio em terras brasileiras foi feito hoje pela Conmebol. Para o petista, que preside o Consórcio Nordeste, a prioridade são as vacinas.

“Muito facilmente o governo federal brasileiro disse sim para que possamos sediar a Copa América de Futebol. A pergunta que eu faço é: e as vacinas?”, questionou o governador.

De acordo com Wellington Dias, só com a imunização da população é possível realizar eventos com público como jogos de futebol, além do retorno de aulas presenciais com mais segurança.

“É vacina que nos coloca em um patamar seguro, tanto para eventos esportivos, mas também a volta às aulas presenciais, que é uma prioridade, além do turismo e o comércio. Todos os setores. Todos nós queremos isso”, disse em vídeo.

O presidente do Consórcio afirmou que espera agilidade do governo brasileiro na busca por imunizantes inclusive em outros países.

“Eu quero ver essa agilidade do Brasil, através de suas autoridades, juntas, independente das disputas políticas, atrás de mais vacina. Seja nos Estados Unidos, na Europa, na China, na Rússia, onde tiver vacina. Essa é a nossa grande prioridade”, finalizou.


Fonte: Cidade Verde
Comentários