Eleições 2020 - 06/05/2020, 19:14

Polarização entre Pompilim e Miguel Vieira deixa Neide Alves isolada para o pleito deste ano

Ao contrário do que falsamente se propaga, de que ela teria agregado musculatura política para a disputa, a vereadora fez o inverso, afastou as lideranças que sustentavam a base política do atual prefeito Lincoln Matos.


Filipe Germano Midi photogrid 1588803124768

A vereadora de primeiro mandato e pré-candidata a prefeita pelo PTB, Neide Alves, após um ano e três meses de pré-campanha não conseguiu agregar lideranças entorno de seu nome para a disputa eleitoral deste ano de 2020.

Ao contrário do que falsamente se propaga, de que ela teria agregado musculatura política para a disputa, a vereadora fez o inverso, afastou as lideranças que sustentavam a base política do atual prefeito Lincoln Matos, que se encontra isolado no cenário político.

Com o seu nome exposto para a disputa, o grupo que conseguiu vencer as cinco últimas eleições foi se desfazendo, com a saída do vice-prefeito Miguel Vieira, da vereadora Toinha Secretária, do vereador Djaci Nogueira, e agora, já neste ano, dos vereadores Clodomar Mineiro e Regivaldo Siriano.

Há quem classifique o grupo liderado pela vereadora Neide Alves de “pequenino”, isso devido as constantes negativas que tem recebido de lideranças e da população quando ela busca o apoio ao seu nome, tanto na zona rural como na sede.

De fato, o cenário político para as eleições deste ano, no município de São Miguel do Tapuio, continua com a polarização entre os nomes de Pompilim, pré-candidato pelo PSD, e Miguel Vieira, pré-candidato pelo PT, ambos conseguiram uma boa base política para a disputa e seguem somando apoio político.


Fonte: Redação
Comentários