Ação policial - 21/02/2019, 12:23

Greco prende 9 suspeitos de ataque à PM de Castelo; taxista ajudou no resgate

A operação do Greco para captura de suspeitos de participação da tentativa de roubo ao Bradesco em Castelo do Piauí (a 190 km de Teresina) resultou em nove presos e um morto.


Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com Midi e6c19c6dd0a884541a5a917db693601e delegado Gustavo Jung

A operação do Greco para captura de suspeitos de participação da tentativa de roubo ao Bradesco em Castelo do Piauí (a 190 km de Teresina) resultou em nove presos e um morto. Entre os presos, está o taxista Raimundo Nonato dos Santos que teria resgatado o bando que ficou dois dias na mata. 

"Após o ataque ao GPM e ao banco, eles fugiram em direção a São João da Serra para tentar fugir pelo rio e sair na cidade de Santa Cruz dos Milagres, só que o rio está cheio e eles tiveram que abandonar os carros. E tentaram fugir pela mata mesmo. Esse taxista foi que ajudou no resgate e conseguiu transportar os criminosos", disse o delegado Gustavo Jung. 

Ele explica que cada um dos suspeitos, tinha uma função definida na organização criminosa. O Greco conseguiu chegar aos suspeitos após a localizar o taxista.

"Uns ficavam na linha de frente, outros eram responsáveis pelo resgate. Enfim, cada um tinha uma função. Conseguimos falar com o taxista, que já foi preso pelo Greco outra vez e ele indicou onde estava o restante do grupo e também o material", acrescenta Jung.  


Fonte: Cidade Verde
Comentários