Campanha - 15/05/2018, 10:14

Dia de combate à exploração sexual terá programação em São Miguel do Tapuio

As ações dedicadas à mobilização e articulação da sociedade na luta pelos direitos humanos das crianças e adolescentes terá programação do dia 14 ao dia 31 de maio, contemplando a sede e várias localidades da zona rural do município.


Filipe Germano Midi full img 7356

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, lembrado em 18 de maio, terá programação em São Miguel do Tapuio, no Piauí. Diversos órgãos de defesa dos direitos realizarão atividades de sensibilização para o tema.

A programação especial é realizada em todo o país por meio da Campanha Nacional “Faça Bonito. Proteja nossas crianças e adolescentes”, apoiada anualmente pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Em São Miguel do Tapuio, o evento conta com o apoio do Conselho Tutelar, CMDA, Secretaria de Educação, CRAS, Programa Saúde na Escola, Secretaria de Promoção Social e Prefeitura Municipal. Órgãos que lutam pelos direitos do público alvo das ações.

As ações dedicadas à mobilização e articulação da sociedade na luta pelos direitos humanos das crianças e adolescentes terá programação do dia 14 ao dia 31 de maio, contemplando a sede e várias localidades da zona rural do município.

A programação contemplará: Fixação de símbolo da campanha em diversos órgãos municipais; entrega de informativo com as estatísticas do município; atividades com crianças da educação infantil; dia “D” da saúde do adolescente; caminhada com apitaço e panfletagem; cessão de cinema orientada; seminário; fórum de combate a violência sexual de crianças e adolescentes.

A campanha será realizada na zona rural conforme cronograma: 15/5 Localidade Mato Grosso; 17/5 Localidade Tabocas; 21/5 Localidade Palmeira de Cima; 22/5 Localidade Palmeira de Baixo e Localidade Brejo da Onça e 30/5 Localidade Morada Nova.

O dia 18 de Maio é uma data emblemática para os órgãos que atuam nesta área da violência sexual por tratar-se do Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de crianças e adolescentes, criado pela Lei Federal n º 9970/2000, pois foi a data em que Araceli Cabrera Crespo, uma menina de 08 anos foi sequestrada e assassinada em Vitória (ES), após sofrer violência sexual.

Prevenção
A melhor maneira de se combater a violência sexual contra crianças e adolescentes é a prevenção. É necessário um trabalho informativo junto aos pais e responsáveis, a sensibilização da população em geral, e dos profissionais das áreas de educação e jurídica, com a identificação de crianças e adolescentes em situação de risco, e o acompanhamento da vítima e do agressor.

Denuncie
Além da prevenção, o combate a essa realidade exige que os casos sejam denunciados. Portanto, se souber de algum caso de violência sexual infantil, procure o conselho tutelar, delegacias especializadas, polícias militar, federal ou rodoviária e ligue para o Disque Denúncia Nacional, de número 100.

Você pode agir. Proteja nossas crianças e adolescentes. Faça bonito e disque 100.


Fonte: Redação
Comentários