Violência - 12/03/2018, 10:46

Desembargador aponta saída contra violência

“A comunitarização da segurança pública é a saída para a crise de violência que assola o país”. A opinião é do desembargador Edvaldo Moura, ex-presidente do Tribunal de Justiça do Piauí e delegado de polícia.


Divulgação Midi edvaldo moura Desembargador Edvaldo Moura

“A comunitarização da segurança pública é a saída para a crise de violência que assola o país”. A opinião é do desembargador Edvaldo Moura, ex-presidente do Tribunal de Justiça do Piauí e delegado de polícia por mais de dez anos, antes de ingressar na magistratura.

Segundo ele, a comunitarização da segurança consiste no envolvimento e no engajamento de todos os segmentos representativos da sociedade, como, por exemplo, as igrejas – católica e evangélicas –, os conselhos de segurança, os conselhos de comunidade, as associações e os sindicatos.

Também fariam parte da ação as escolas da rede pública e privada, os clubes de serviços, a OAB de todos os estados, os integrantes dos três subsistemas de Justiça Criminal, a Maçonaria e outros.

O sistema funcionaria sob uma coordenação nacional que, por sua vez, criaria as coordenações regionais, estaduais e locais, todas integradas, com um só comando, buscando não eliminar, mas manter em níveis toleráveis a violência, o crime e a criminalidade.


Fonte: Cidade Verde
Comentários