Comarca de SMT - 24/11/2017, 10:15

OAB-PI constata carência de servidores e acúmulo de processos em São Miguel do Tapuio

A Comarca possui três servidores e necessita de um oficial de justiça para atender as diligências. Atualmente, existem mais de três mil processos tramitando, dos quais 1.367 estão em atraso na secretaria há mais de cem dias.


Divulgação Midi sao miguel

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí, Chico Lucas, e o presidente da Subseção de Campo Maior, Wilson Spíndola, visitaram nessa quarta-feira (22) o Fórum Des. Milton Evaristo de Aragão da Comarca, localizado na cidade de São Miguel do Tapuio, Norte do Estado. O objetivo da ação é avaliar as necessidades do Fórum e encaminhar as reivindicações para o Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI).

De acordo com informações repassadas, a Comarca possui três servidores e necessita de um oficial de justiça para atender as diligências. Atualmente, existem mais de três mil processos tramitando, dos quais 1.367 estão em atraso na secretaria há mais de cem dias. Além disso, a servidora Marlene Lustosa relatou que os servidores se ressentem de um apoio maior do Tribunal para a utilização do Processo Judicial eletrônico, que recentemente foi instalado na Comarca.

Chico Lucas se comprometeu a levar os relatos ao presidente do TJ-PI, desembargador Erivan Lopes, e cobrar melhorias para a Comarca.  “Viemos à Comarca de São Miguel do Tapuio para conhecer as dificuldades do Judiciário local e nos deparamos com o acúmulo de processos e a carência de servidores, especialmente de um oficial de Justiça. A comarca já possui um juiz substituto, que ainda está no curso de formação, e acreditamos que em breve esse possa dar maior vazão a esses processos, imprimindo a celeridade que o judiciário necessita”, disse o presidente da OAB-PI.

Estiveram presentes ainda: Talysson Viera, do Conselho Estadual do Jovem Advogado; Talmy Tércio e Andreia Aragão, Diretor e Vice-Diretora do Núcleo de Apoio à Advocacia, respectivamente; Diogo Caldas e Francyllenne Ferreira, conselheiros seccionais; Rodrigo Castelo Branco, coordenador adjunto das comissões; e Nycollas Pereira, presidente da Subcomissão de Direito do Trabalho da OAB/Campo Maior.


Fonte: OAB-PI
Comentários